Trump e Bolsonaro são respostas silenciosas a cultura do Cancelamento?



Eu não apoiaria o Black Lives Matter, pois pra mim All Lives Matter.

Eu apoio o Bolsonaro, pois ....

Não concordo com a a exaltação a Greta Thunberg.


Todas essas frases acima parecem pegar fogo na internet. E é exatamente isso que pode acabar com a pluralidade e liberdade das pessoas expressarem suas próprias ideias.

A internet é um lugar onde infinitas pessoas podem expressar suas opiniões. Essa é a essência da internet. Um lugar onde as pessoas podem explorar, criar, ler, estudar, discutir com infinitas outras pessoas com infinitas pontos de vista diferentes. Porém tudo isso está em risco com a cultura do cancelamento.

Será que TRUMP está certo quando diz que a cultura do cancelamento reforça ainda a opressão de diferentes pontos de vista? Será que a internet vai tornar as pessoas seres iluminados?

Será que toda pessoa que navega na internet é um Juiz, Juri e Carrasco?



"Trump está certo. A cultura do cancelamento é a arma principal no arsenal dos intolerantes. Em seu discurso de 4 de julho no Monte Rushmore, Trump falou sobre a “arma política da cultura do cancelamento” — a sede totalitária de “afastar pessoas de seu emprego, envergonhar dissidentes e exigir uma submissão total de quem discordar”.

Revista Oeste



As pessoas inteligentes ficam instigadas em entender diferentes pontos de vista, elas não precisam concordar, mas estar exposto a um ponto de vista diferente e tentar entender é muito saudável. PORÉM... Existem pessoas de opinião forte e extremamente convictas de que estão certas e de que elas precisam ajudar as outras pessoas a serem mais "Corretas". Essas pessoas são tão convictas que humilham e atacam veemente pessoas com pontos de vista diferente.

Essas pessoas costumam bloquear amigos, desfazer amizades e ameaçar as pessoas dizendo coisas do tipo.... - Se você apoia o CICLANO (Pode colocar lula, bolsonaro, trump, fica ao seu gosto) já me avisa pra eu te bloquear e desfazer a amizade.


Essas pessoas ainda não ficam satisfeitas apenas com isso. Se, por exemplo, uma pessoa publica um pensamento ou uma opinião própria diferente da dela, ela pode inclusive ir nas redes sociais e pedir a exclusão da pessoa da empresa e o boicote corporativo.


O fato de que tanto o Trump quanto o Bolsonaro estarem no poder neste momento, é pelo simples fato que a maioria votou nessas pessoas. Por essa razão se chama democracia e temos um sistema de votos. No Brasil ainda é pior, pois o voto é obrigatório. Algo que no meu ponto de vista deveria ser facultativo. As pessoas deveriam estudar seus candidatos e votar apenas se tiver convicção. O voto obrigatório faz as pessoas votarem por serem obrigadas a votar e votam em qualquer um . (Esse é meu ponto de vista)


Muitos pontos de vista e uma mesma bandeira levantada!


Na luta contra o racismo há diferentes pontos de vista. Existe um ponto de vista que diz e batalha pela Igualdade e o tratamento igual e que não há raças. Outro ponto de vista é a luta pela compensação histórica de desigualdade que batalha por benefícios e compensação para os negros (Por exemplo). Como se o racismo e o preconceito fosse algo que existe apenas com os negros, mas esquecem que outros povos podem sofrer racismo (Índios, judeus, asiáticos, etc)



Há os que estão convencidos de que têm todas as ideias certas e precisam reorganizar a mente  daqueles que não as têm

Revista Oeste



Na luta contra a homofobia ainda há dezenas de pontos de vista diferentes. Ainda dentro do mesmo preconceito também há pessoas homossexuais que desprezam bissexuais. Isso seria correto?


Existe uma discussão sobre mostrar o que é errado é necessário. Discussão sobre desenhos animados polêmicos e até mesmo coisas que na época não havia forte discussão acaba ocultando muitos dados históricos e conteúdo de época.


É fácil perceber que a cultura do politicamente correto vem tentando criar um cenário de uma única opinião.

  • Os Desenhos animados da década de 80 e 90 são repletos de violência e sexualização.

  • Filmes que foram considerados sucessos e clássicos há 20 anos atrás, hoje seriam crucificados.

  • Comediantes discutem o limite da comédia entre o respeito e o desrespeito.

  • Chegamos ao ponto de que ser a favor do casamento entre um homem e uma mulher dependendo como a pessoa se expressar, ela pode ser considerada homofóbica e indigna de respeito.

No meio de toda essa discussão ainda falta muita tolerância e respeito.




97 visualizações
Transformador Digital

Juliano Kimura

(11) 996 936 340

©2020 por Juliano Kimura - Transformador Digital - juliano@trianons.com.br
CPF - 298.370.138-77
Rua Cardeal Arcoverde, 928 - Pinheiros - SP