Entre na justiça contra o Facebook e ganhei



"-Entrar na justiça contra o Facebook é uma perda de tempo!"

"-Isso não vai dar em nada, o Facebook é muito grande!" "-Mimimi... Provavelmente, você que fez merda e foi bloqueado com razão!" Essas são algumas frases e pensamentos bem normais quando você pensa que alguém foi bloqueado no Facebook. Eu sei , pois eu era uma dessas pessoas que pensava desse jeito ou que pensava da mesma forma. Porém, esse é aquele lembrete que até mesmo as empresas gigantes e lendárias também podem perder na justiça. O sentimento de impunidade das gigantes é muito grande, pois a gente vê inúmeros casos de bloqueios de acesso ao Facebook que realmente não tem retorno.

Esse é aquele tapa na cara da sociedade e até mesmo na minha própria cara, pois também fazia parte das pessoas que não acreditava que poderia ganhar uma causa contra o Facebook.


Não podemos dizer que é um processo simples, é necessário provar de forma clara e objetiva todos os pontos importantes e também apresentar provas. De fato, é uma situação muito mais favorável para o Facebook, pois é muito difícil ter todas as provas necessárias para ganhar uma causa.


Para entender melhor todo o histórico do Caso é necessário ler com atenção o artigo que escrevi em 26 de Junho de 2020. Facebook bloqueou páginas e contas de anúncios da agência





Não foi a primeira vez que o Facebook ameaçou bloquear todas as minhas contas permanentemente


De fato essa não foi a primeira e nem a última vez que o Facebook tem uma decisão não-favorável.


O primeiro caso ocorrido foi após minha saída do Facebook Brasil. Durante os anos de 2014 e 2015, eu trabalhei em projetos para o Facebook Brasil na Feira do Empreendedor e no Facebook na Comunidade de Heliópolis. Advogados da Califórnia enviaram uma intimação totalmente abusiva e que me ameaçava de várias formas.

O vídeo abaixo foi gravado em dezembro de 2015 com meu advogado Helio Tadeu Brogna Coelho onde conversamos sobre o processo e esclarecemos o que aconteceu. Helio é o Advogado que me defendeu em ambos os casos e também responsável pelo ganho de causa do processo atual.



345 visualizações0 comentário