A Liberdade na Internet é boa ou ruim? Quem controla a internet?

A Liberdade na Internet é boa ou ruim? Quem controla a internet?



As pessoas dão muita importância para o USO da internet e ignoram completamente discussões importantes sobre A internet.


A internet corre perigo há muito tempo, mas pouco a pouco perdemos pessoas importantes nessa discussão. São poucas as pessoas que enxergam com carinho o real potencial da internet. A internet é uma ferramenta multiplicadora com potencial infinito. O conhecimento existente não tem valor ou propriedade. Ele é apenas replicado e multiplicado de forma infinita.


Vejo muitos comunicadores e pseudo especialistas sobre a internet falando sobre ADOTAR regras ou respeitar etiquetas. Dizem para as pessoas que estão aprendendo que elas precisam se adaptar para um cenário criado por pessoas que não entendem a internet.


Entender a internet é entender uma cultura que ao longo de 20 anos não parou de crescer. É uma tendência inevitável que pode terminar em um confronto entre a nova geração e a velha geração. Pra você evoluir muito como pessoa e profissional, basta entender o gráfico abaixo. Entender que o mundo está deixando de ser centralizado e pouco a pouco vai se desfazendo em grandes redes de informação (Informações: abertas, compartilhadas, distribuídas). Esse modelo vai continuar a se perpetuar não apenas em níveis de organização (Hierarquia ou organogramas), pois esse processo está acontecendo em nível sistêmico e processual.

A responsabilidade sobre a internet é algo compartilhado


A falta de compreensão sobre as mecânicas da internet acabam trazendo vários

problemas que podem comprometer a própria internet. Pessoas expressam sua preocupação por controle e regras, mas esquecem que sua voz na internet é livre justamente por não ter esse controle. Isso que torna a internet democrática. Ela não tem curadoria centralizada, ela tem uma curadoria coletiva.


As pessoas repassam a responsabilidade sobre o conteúdo para o governo, para a plataforma ou para o meio. Esquecem que o conteúdo é compartilhando e perpetuado justamente por uma massa de milhares ou milhões de pessoas anonimas. Algo que NUNCA poderemos controlar ou desejamos controlar. Aqueles que mais tem interesse em controlar é o governo e as pessoas com cultura CENTRALIZADORA.


Enquanto isso, ainda na internet teremos sérios problemas com "Propriedade Intelectual" sendo que a mesma já vem pouco a pouco deixando de existir na cultura de internet. O próprio conceito de propriedade vem mudando.

Enquanto o mundo não adaptar suas leis de forma inteligente para discussões REALMENTE IMPORTANTES, o mundo digital corre um grande risco. Muitas pessoas estão mais preocupadas com as regras da internet, mas pouco preocupadas como que a internet realmente oferece. O potencial de soluções , resultado e conhecimento multiplicado.


Deveriam estar discutindo sobre a liberdade sobre o uso das API´s e alguma regra que pelo menos deixe as API´s menos abusivas. Essa seria uma discussão que levaria a internet para um próximo nível e tornaria o Brasil até um país de vanguarda na internet. O mínimo que deveríamos ter é um código de ética.

Empresas ABREM e FECHAM API´s de forma indiscriminada. Esse tipo de procedimento de fechar uma API já acabou com grupos inteiros de empresas que utilizam API como um dos pilares pra manter o negócio girando. (Apenas para esclarescimentos, API é um protocolo que permite que sites possam acessar dados e integrar soluções entre aplicativos e plataformas.



As Leis tradicionais não estão preparadas para o mundo digital. Por essa razão tínhamos pessoas com o Aaron Swartz falando sobre uma licença criativa chamada Creative Commons (Uma licença preparada para o mundo digital)


O sentimento de propriedade sobre algo é algo que as próximas gerações não vão entender. Pouco a pouco, a propriedade deixará de existir. Não a propriedade como conhecemos hoje, no futuro será uma propriedade coletiva

Os dados não pertencem a ninguém.

Um estudioso de estatística com 80 anos de idade diz uma frase que me deixa de queixo caído.

Como uma pessoa que entende o número através de dados e números pode ter tanta clareza ao dizer que os dados não tem propriedade. São simplesmente dados. Massas de informação anonimas sem identificação individual.


  • Você não conhece Creative Commons?

  • Você não sabe quem é Aaron Swartz?

  • Você não faz ideia do que foi SOPA & PIPA?

Você realmente trabalha com internet?




O Menino da Internet: A história de Aaron Swartz - Versão 30 minutos


O Menino da Internet: A história de Aaron Swartz - Versão Completa


https://archive.org/details/theinternetsownboythestoryofaaronswartzhdbpofullmixunisomtrianonsjulianokimura-dublado-pt-br

Transformador Digital

Juliano Kimura

(11) 996 936 340

©2020 por Juliano Kimura - Transformador Digital - juliano@trianons.com.br
CPF - 298.370.138-77
Rua Cardeal Arcoverde, 928 - Pinheiros - SP